quarta-feira, 2 de maio de 2012

Antropomorfismo




 Você já ouviu falar em antropomorfismo? Nada mais é do que a humanização de nossos animais. Ter um peludo por perto é tudo de bom, eles nos amam incondicionalmente, mesmo quando brigamos com eles. 
 O problema surge, não quando o chamamos de filho, mas quando o tratamos como filho. Nós damos características humanas a eles: "viu, ele ficou com raiva porque tirei a comida" ou "se eu brigar com ela, irá parar de gostar de mim". Isso tudo são reações humanas e não caninas.
 Se o cão rosnar por tentar tirar a comida dele, não foi raiva no sentido humano e sim porque ele, o cão, é o dominante, e você, pessoa, é o submisso, e isso na psicologia canina é um "absurdo". Um submisso não pode interferir na comida do dominante, aliás, um só come depois do outro. É questão de hierarquia (Leia sobre como ser o líder da matilha).
 Existem cães tão humanizados, que, ao chegarem perto de uma cadela no cio, preferem o colo do dono. Por quê? Porque as características do cachorro não foram respeitadas. Os bichos morarem em nosso habitat, tudo bem, mas não podemos esquecer de deixarmos o cão ser cão. Eles precisam fazer exercícios, socializar com outros cachorros, farejar, rolar na grama...
 AMÁ-LOS, sim, sem sombra de dúvidas mas se dermos exercícios, disciplina e afeto, necessariamente nesta ordem, poderemos desfrutar de uma amizade sem limites!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário